Translate

quarta-feira, 30 de março de 2016

Deus ouve o sussurro do seu coração

A vida de Deus é revelada nas Escrituras Sagradas, bem como a vida que ele sonha para cada um de nós. E como é essa a vida? A vida que o Senhor sonha para nós é abundante, conforme Jesus disse: “Eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância” (João 10.10). E o que é uma vida abundante? Uma vida abundante é uma vida com propósitos.
Durante nossa caminhada por esta terra, todos vivemos situações conflituosas e travamos muitas batalhas terríveis, porém, em meio a essas tempestades, o Senhor sempre está conosco. Jesus declarou: “Eis que estou convosco todos os dias, até o fim dos tempos” (Mateus 28.20).
Agora, veja o que diz o Salmo 86, versos de 1 a 8: “Inclina, Senhor, os Teus ouvidos, e ouve-me, porque estou necessitado e aflito. Guarda a minha alma, pois sou santo: ó Deus meu, salva o teu servo, que em Ti confia. Tem misericórdia de mim, ó Senhor, pois a Ti clamo todo o dia. Alegra a alma do teu servo, pois a Ti, Senhor, levanto a minha alma. Pois Tu, Senhor, És bom, e pronto a perdoar, e abundante em benignidade para todos os que te invocam. Dá ouvidos, Senhor, à minha oração e atende à voz das minhas súplicas. No dia da minha angústia clamo a Ti, porquanto me respondes. Entre os deuses não há semelhante a Ti, Senhor, nem há obras como as Tuas”.
Essa passagem bíblica nos retrata uma oração que foi feita em meio a lágrimas, gemidos e momentos de agonia. Eu não sei como está sua vida atualmente, mas, talvez, devido a tantas circunstâncias ruins, você esteja também fazendo essa oração e dizendo: “Eu preciso sair dessa situação”. Nesta hora, quero lhe dizer que existe uma pessoa que pode realmente fazer com que você saia dessa condição que tem causado tanta dor em seu coração; essa pessoa é Deus. E você precisa compreender que não há uma oração sem resposta. Deus pode nos responder com um “sim”, com um “não” ou com “ainda não é a hora. Espere que vou responder”.
Observe que, os versículos que lemos nos retrata o salmista “rasgando” sua alma diante do Deus. Ele não sentiu vergonha alguma em expor suas chagas, suas carências. Ao contrário, ele clamou por uma intervenção do Senhor.
Existem pessoas que vão para Jesus por amor, mas a grande maioria vai pela dor. Muitas delas levam a vida de qualquer maneira, mas, diante de uma aflição, de uma perda dolorosa e tantas outras circunstâncias conflituosas, acabam buscando refúgio no Senhor. E Ele, que é um Deus de amor, intervem, se revela e age a favor daqueles que buscam a Sua presença.
Você precisa compreender que Deus é bom, que a sua misericórdia dura para sempre e que Ele está próximo de nós, pronto a nos ajudar. Além disso, você precisa contemplar o caráter de Deus. Creia que Deus não está com os ouvidos tampados. Ele escuta as nossas orações, os sussurros do nosso coração, vê e enxuga nossas lágrimas.
Oro para que, nesta hora, você passe a meditar na Palavra de Deus e o conheça mais e mais. Deus nos ama e prova Seu amor por nós, ainda que Ele não precise provar absolutamente nada. Deus é o nosso dono. Somos apenas criaturas feitas pelas Suas mãos. Ele pode fazer o que quiser conosco, mas tudo o que Ele quer é que sejamos aqui, na terra, verdadeiros adoradores, que o adorem em espírito e em verdade. Ele quer que sejamos pessoas que vivam para o louvor da Sua glória.
No momento em que você aceita Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador, você passa a ser Dele, e Ele vela por aqueles que são Seus. A Palavra diz que não fomos comprados com ouro, nem prata, nem com coisas corruptíveis deste mundo, mas fomos comprados pelo sangue de Jesus e para sermos Dele. E a partir do momento que somos Dele, a nossa vida passa ter um novo sentido.
Se você está vivendo um tempo de angústia, saiba que o Senhor quer lhe ajudar a vencer essa batalha. Permita que Ele envolva sua vida e não deixe de experimentar Sua bondade.
 Deus os abençoe!

Pastor Márcio Valadão

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Estamos com pressa, mas Deus não

Para tudo há uma ocasião certa; há um tempo certo para cada propósito debaixo do céu. (Eclesiaste 3:1)
Nós nunca aprendemos paciência sem termos algo com o qual exercitarmos. Paciência é algo que aprendemos – ela não surge do nada. O fruto da paciência está em nossos espíritos, porque, como filhos de Deus, o Espírito Santo vive em nós.
Mas para a paciência ser expressa em nossas almas (na nossa mente, vontade e emoções), a obra deve ser realizada em nós. Cada vez que um dos meus filhos estava para nascer, depois de passada a data, eu fazia de tudo para dar início ao trabalho de parto. Eu caminhava, passava óleo de rícino, trabalhava ainda mais arduamente que de costume, na esperança de “acelerar as coisas”. No nascimento de um deles, até fui ao hospital para o médico induzir o parto. Não funcionou e me mandaram de volta para casa. O médico basicamente disse, “Vá para casa e deixe a natureza seguir seu curso”.
Meu conselho para você, com base na palavra de Deus e na minha experiência pessoal é “Não tenha tanta pressa”. Você pode estar cheio de sonhos sobre a sua vida, mas também pode estar tentando realizá-los fora de hora. Você pode acabar metendo os pés pelas mãos, e às vezes ficar zangados com Deus porque as coisas não funcionaram do jeito que pensamos que o Senhor disse que iriam funcionar. Tudo vai acontecer como Deus disse que iriam funcionar. Tudo vai acontecer como Deus disse, se esperarmos pela hora certa,  segundo a Sua sabedoria. Nós é que estamos com pressa. Deus nunca tem pressa!
Procure se ocupar deleitando-se no Senhor, e permita-lhe que Ele lhe dê o que deseja para você. Se Deus colocou um desejo no seu coração, esteja certo que Ele fará com que aconteça na hora certa.  Espere até Deus o orientar e instruir para então proceder, faça o que Ele lhe disser pra fazer ou o que lhe mostrar, mas não vá além disso.

Imagem

Imagem

Para Todos que vizitam este blog!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger... Fique a vontade para compartilhar por aí aquilo que te edificou.Mas seja legal e cite a fonte.

Anuncio